domingo, 7 de fevereiro de 2010

Dia de Férias

Nada aqui é tão férias, mas às vezes tem cara de. Hoje eu senti como o primeiro dia de férias, mesmo que tenha sido um pouco conversa de trabalho. Teve praia e pela primeira vez um ensaio de banho de mar, mas as ondas são enormes e se desmancham em barulho de trovão, a maré puxa muito e os pelicanos parecem monstros voadores - se eles voam acho que a gente também devia tentar...
Enfim, consegui me molhar até a cintura e umas espirradas pelas costas e ao secar... quanto sal! Depois de secar na areia dos pequenos carangueijos e enormes conchas, a pele fica branca de pó. O lugar se chama Langue de Barbarie, Langue pela forma, uma faixa de areia bem comprida que segue por muitos kilômetros pela costa (um istmo, viu?) e Barbarie disseram que por causa dos mouros, que moram na Mauritânia e eram conhecidos como bárbaros, pois grosseiros invadiam seus vizinhos.
Pedacinho de paraíso deserto, tem um hotel com cara de acampamento super gostoso onde ficamos comendo e bebendo. No fim da refeição 3 copos (pequenos lagoinhas) de chá, cada qual com sua definição: o primeiro amargo como a morte, o segundo doce como a vida e o terceiro melado como o amor...

Depois disso tudo um primeiro delírio coletivo virtual. Adoro esses meus amigos! Vontade de ficar por lá naquela cozinha gostosa da Ana! Sotaque frances foi demais, mas é fato que não falo português mais. Daqui a pouco fico com sotaque paulista de tanto ouvir a Céu cantar pra mim.

Um comentário:

  1. Lindo! Você também escreve de um jeito que dá para imaginar você falando. Saudade enorme... Beijo!

    ResponderExcluir